terça-feira, 4 de novembro de 2008

Oi de novo, pessoal!
Acho q agora me empolguei!
Vou compartilhar um rascunho meu com vcs, tb produzido p/ a mesma aula sobre o processo da escrita e tb não lido por excesso de vergonha...
Digam o q acharam, ok?
Thaís

Minha escrita

Amar escrever.
Escrever amar.
Amar-se escrevendo.
Escrever amando.
Amo escrevendo.
Escrevo amado.
Amado escrito.
Odiado.
Amor.

(por: Thaís Matsumoto)

3 comentários:

Fecer disse...

Sabe, isso me lembra algo. Nós que temos mania de escrever, o fazemos para quem mais gostamos (ou não) mas e depois? Se tudo der errado de forma trágica, será que pegaríamos ódio dos nossos escritos?

:S

Ednei disse...

isto e sadomasoquismo Fecer,naão vou dizer quetenho ódio de meus escritos ,ja tive,quando escrevi para minha ex-píeride e ela nem se importou...quanto o minuta da Thais,achei muito lindo,parabéns,continue sempre assim, este ee o seu primeira minuta ou ja escreveste outros???? e para com esse negócio de vergonha,no começo e assim mesmo,depois tu se acostuma... se tu quiser perder a vergonha e so fazer a outra oficina que eu faço la na casa das rosas,o pessoal de la e bem legal,nao to dizendo que o pessoal do CV nao e hein minha gente...mas apareça por la,se quiuser + detalhes me manda um email neypero@hotmail.com

Will disse...

Essa tecnica de faer pequenas modificações nas palavras mantendo o ritimo e mudando o sentido é muito interessante e o "odiado" ali em baixo, ou melhor, em cima, dá um que todo diferente, uma quebra... realmente não sei do que você poderia ter vergonha...